quantas vezes pode sacar o fgts

Quantas vezes pode sacar o FGTS?

Introdu??o

O Fundo de Garantia do Tempo de Servi?o, mais conhecido como FGTS, é um direito dos trabalhadores brasileiros que contribuem para o fundo. Ele foi criado em 1966 com o objetivo de proteger os trabalhadores demitidos sem justa causa, além de proporcionar recursos para a habita??o, saneamento básico e infraestrutura urbana. Uma dúvida comum entre os trabalhadores é quantas vezes eles podem sacar o FGTS ao longo da vida profissional. Neste artigo, vamos esclarecer essa quest?o e explicar os diferentes tipos de saque disponíveis.

1. Saque Rescisório

O saque rescisório é o mais comum e ocorre quando o trabalhador é demitido sem justa causa. Nesse caso, ele tem direito a sacar o valor integral do FGTS, acrescido de multa de 40% sobre o total depositado pelo empregador. Esse tipo de saque pode ocorrer apenas uma vez a cada contrato de trabalho finalizado.

2. Saque por demiss?o sem justa causa

Além do saque rescisório, o trabalhador demitido sem justa causa também tem o direito de sacar o FGTS em sua totalidade. No entanto, é importante ressaltar que ele só poderá realizar esse tipo de saque uma vez durante a sua vida profissional para cada contrato de trabalho finalizado. Portanto, se o trabalhador for demitido novamente sem justa causa, após ter realizado esse saque, n?o terá direito a retirar o FGTS novamente.

3. Saque para compra da casa própria

Uma das finalidades do FGTS é proporcionar recursos para a aquisi??o da casa própria. Dessa forma, o trabalhador pode sacar o seu saldo acumulado no fundo quando decide comprar um imóvel. Ele poderá fazer esse tipo de saque apenas uma vez, a cada intervalo de dois anos.

4. Saque por aposentadoria

Ao se aposentar, o trabalhador também tem o direito de sacar o FGTS de forma integral. Nesse caso, n?o existe limite para a quantidade de saques que podem ser feitos.

5. Saque em casos de doen?as graves

Em situa??es de doen?as graves, como cancer, HIV ou outras enfermidades, o trabalhador pode solicitar o saque do FGTS mesmo estando empregado. Essa solicita??o deve ser feita junto à Caixa Econ?mica Federal e está sujeita à análise dos documentos comprobatórios da enfermidade.

Conclus?o

Em resumo, os trabalhadores têm a possibilidade de realizar diferentes tipos de saque do FGTS ao longo da vida profissional. O saque rescisório e o saque por demiss?o sem justa causa só podem ocorrer uma vez a cada contrato de trabalho finalizado. Já o saque para compra da casa própria pode ser feito a cada dois anos, enquanto o saque por aposentadoria n?o possui limite de vezes. Por fim, o saque em casos de doen?as graves é uma possibilidade, desde que comprovada a necessidade. é importante estar ciente dessas regras para aproveitar os benefícios do FGTS da melhor maneira possível.